Jogue Contra o Computador

9 SITES PARA APRENDER JOGAR XADREZ

Encontrar pessoas se reunindo para jogar xadrez hoje em dia é muito difícil, ao longo dos anos essa prática veio se perdendo, mas aquelas pessoas que gostam de jogar e apreciam o jogo de xadrez tem buscado soluções online.

Se você é um desses apaixonados separamos 9 sites que podem ajudar você a jogar ou aprender como se joga o xadrez.

É simples basta se cadastrar e começar jogar, vamos lá.

1 – Chess

O número 1 em jogos de xadrez on-line com milhares de jogadores espalhados pelo mundo, embora o site seja em inglês você consegue utilizar de forma rápida e fácil, com um bom nível de jogadores, você pode jogar com seus amigos ou com jogadores aleatórios, participar de torneios e o melhor pode utilizar seu tablet ou smartphone basta baixar o aplicativo podendo jogar de qualquer lugar e a qualquer hora, você tem a opção de assinatura paga ou gratuita.

2 – Chess 24

Possui uma plataforma para aprendizado onde você pode fazer testes, aulas em vídeo, também com versões disponíveis gratuitas ou paga você também pode baixar o app para seu smartphone ou tablet.

3 – Lichess

Preferida entre os jogadores, você pode participar de torneios a todo momento, através de seu computador ou pelo app para smartphone.

4 – Fly Or Die

Ferramenta perfeita para iniciantes, crianças e jogadores experientes,você navega de forma simples e descomplicada no site.

5 – Chesscube

No site você encontra aulas on-line, transmissões de torneios, jogos de várias modalidades, pode ser utilizado de forma gratuita ou paga.

6 – Joguexadrez

Neste site você pode jogar xadrez tradicional ou xadrez 960, com dois tipos de assinatura paga ou gratuita, as salas são diferenciadas conforme assinatura escolhida.

7 – Velocitychess

Você pode jogar com moeda virtual ou simplesmente jogar para se divertir, com torneios diários e jogos ilimitados gratuitos.

8 – ICC – Internet Chess Club

Você encontrará adversários dos mais diferentes lugares do mundo, pode enfrentar outras equipes e criar sua própria equipe, o site tem aulas explicando o desenvolvimento do jogo para crianças e nele como em alguns dos demais você pode escolher assinatura gratuita ou paga.

9 – Playchess

Aulas on-line, vários vídeos, transmissão de torneios, o que difere este site dos outros é que você pode jogar contra os grandes nomes do xadrez, também com assinatura paga ou gratuita.

Agora que você conheceu um pouco sobre os sites escolha o que mais tem a ver com o que você deseja cadastre-se e divirta-se. Bom jogo!!!

10 MOTIVOS PARA APRENDER O XADREZ

Desenvolvendo a memória, a concentração e o raciocínio lógico, o xadrez estimula o aprendizado.

Quais são as vantagens de aprender o xadrez?

  1. O xadrez estimula o raciocínio lógico;
  2. O xadrez ativa a concentração;
  3. O xadrez desenvolve a tomada de decisões;
  4. O xadrez aguça a memória;
  5. O xadrez trabalha a paciência;
  6. O xadrez demanda a capacidade de planejamento;
  7. O xadrez aumenta a autoconfiança;
  8. O xadrez proporciona o respeito ao adversário;
  9. O xadrez exige responsabilidade;
  10. O xadrez instiga a imaginação e a versatilidade.

O xadrez, que surgiu no Sudoeste da Europa na segunda metade do Século XV, é muito mais que um jogo. Como bem definiu o escritor Johann Wolfgang Goethe, há mais de dois séculos: “O xadrez é um excelente exercício mental”. Tal frase é comprovada por estudos como o da Universidade de Hong Kong, que provou por meio da pesquisa do Dr. Yee Wang Fung que os estudantes que jogam xadrez têm uma melhoria de 15% em provas de matemática após o início da prática. Na Venezuela, o projeto Learning to Think Project concluiu que até mesmo o QI de uma criança pode ser aumentado por meio do treino do xadrez. Além disso, a pesquisa de William Levy, do Departamento de Educação de Nova Jersey, nos EUA, mostra que o jogo interfere também em questões pessoais, como a autoestima e confiança.

Não à toa, a UNESCO mantém o Comitê de Xadrez Escolar, responsável por integrar a modalidade nas escolas e instituições de ensino e visar que a prática seja pedagogicamente produtiva. São inúmeras as vantagens da prática do xadrez, porém as mais verificadas são o desenvolvimento do raciocínio lógico-matemático, atenção e concentração, memória e a criatividade.

Concluímos então que o jogo é uma excelente prática complementar, pois interage com diversas disciplinas escolares como a matemática, a história e até idiomas. “Ele é jogado há centenas de anos da mesma forma em vários países diferentes, o que permite um conhecimento da história por meio da evolução do jogo. Além disso, sua difusão pelo mundo permite a interação com jogadores de outros países que falam a linguagem do xadrez em seu idioma, o que facilita o aprendizado de cada língua”, diz Horácio Prol, presidente da Federação Paulista de Xadrez.

É importante lembrar que o jogo vai além das questões acadêmicas. Estudá-lo estimula também a imaginação, o planejamento e trabalha valores como responsabilidade, autoconfiança, respeito ao adversário e paciência, além do que no xadrez, a atenção e a habilidade espacial também são exigidas durante uma partida.

Fonte: http://educarparacrescer.abril.com.br/aprendizagem/

A PRÁTICA DO XADREZ NA ESCOLA

O aluno precisa muito mais que o simples conhecimento sobre as diversas disciplinas. Ele precisa aprender articular esse conhecimento com o cotidiano, preparar-se para tomar decisões em situações que exigem raciocínio rápido.

Investir em alternativas educacionais voltadas para esse pensamento é acompanhar a evolução do modelo social em que vivemos, contribuindo para sua adequação às necessidades humanas. A dinâmica social obriga a pensar constantemente em soluções para problemas cada vez mais imprevisíveis e urgentes. Assim, a criatividade para as soluções tornou-se muito mais importante do que as respostas prontas, isto é, o caso não é adequar o problema às respostas, mas sim solucioná-lo de maneira inovadora.

E, como é preciso encontrar respostas, é necessário também que a educação como um todo busque soluções para contribuir na formação de indivíduos capazes de encarar os novos problemas que estão por surgir e mais do que isso, saber que os sentidos das suas ações devem estar voltados para o trabalho coletivo internalizando a lógica do bem comum como fator mais importante no convívio social.

OBJETIVO GERAL DO XADREZ NA ESCOLA

Desenvolver uma forma de operação da inteligência de modo a organizar a capacidade criativa estimulando o raciocínio lógico e contribuindo para a educação voltada à interação social na busca pela formação integral do cidadão, através de uma atividade lúdica, proporcionando prazer ao praticante.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO XADREZ NA ESCOLA

  1. Desenvolver habilidades intelectuais;
  2. Desenvolver posturas de comportamento desejáveis na sala de aula e durante o processo ensino aprendizado.

PRINCIPAIS HABILIDADES E POSTURAS QUE O XADREZ ESCOLAR PROMOVE:

  1. Estimula o desenvolvimento de habilidades cognitivas;
  2. Desperta o espírito reflexivo e crítico;
  3. Amplia a capacidade para tomada de decisões;
  4. Desenvolve o raciocínio lógico;
  5. Melhora a segurança pessoal e a autoestima;
  6. Desenvolve a atenção e a capacidade de concentração;
  7. Desenvolve a inteligência espacial;
  8. Desenvolve a disciplina na execução de uma tarefa;
  9. Estimula o desenvolvimento das operações do intelecto.

BENEFÍCIOS ACADÊMICOS

Segundo palavras de MEYERS (2007), nós “trouxemos o xadrez para as escolas porque acreditamos que contribui diretamente com o desempenho acadêmico. O xadrez torna as crianças mais inteligentes” e faz isso ensinando as seguintes habilidades:

» Focalização – As crianças são instruídas sobre os benefícios de observar cuidadosamente e concentrar-se. Se não observarem o que está acontecendo, elas não podem responder às questões, não importa quão inteligentes sejam.

» Visualização – As crianças são estimuladas a imaginar uma sucessão de ações antes que elas aconteçam. Na verdade, no xadrez fortalecemos a habilidade de visualização treinando trocar as peças de posição apenas mentalmente, primeiro um, depois vários movimentos à frente.

» Previsão – As crianças são ensinadas a pensar primeiro, e então agir. Nós lhes ensinamos a perguntar-se: “Se eu fizer isto, o que pode acontecer depois, e como eu posso responder?”. Com o passar do tempo, o xadrez ajuda a desenvolver a paciência e a atenção.

» Avaliação de opções – As crianças aprendem a não fazer a primeira coisa que surge em suas mentes. Aprendem a identificar alternativas e a considerar os prós e os contras de várias ações.

» Análise concreta – Os jogadores aprendem a avaliar os resultados de ações específicas e sequências de ações. “Esta sequência me ajuda ou me prejudica?”. Decisões são melhores quando guiadas pela lógica, em vez de pelo impulso.

» Pensamento abstrato – Os aprendizes são ensinados, periodicamente, a deixar de lado os detalhes e considerar o quadro maior. Também aprendem a transpor padrões usados em um contexto para situações diferentes, mas relacionadas.

» Planejamento – As crianças são ensinadas a desenvolver metas de objetivos mais longos e dar os passos necessários para concretizá-los. Elas também são ensinadas sobre a necessidade de reavaliar seus planos de acordo com novos desenvolvimentos que alterem a situação.

» Trabalho com considerações múltiplas simultâneas – Os alunos são incentivados a não se deixarem absorver demais em apenas uma consideração, mas a tentar pesar diversos fatores, todos de uma vez.

A beleza do xadrez como instrumento pedagógico é que estimula as mentes infantis e as ajuda a construir essas habilidades enquanto estão se divertindo. Como resultado, as crianças se tornam pensadoras mais críticas, resolvem melhor o problema e produzem decisões mais independentes.

FILGUTH, Rubens. A IMPORTÂNCIA DO XADREZ. Editora ArtMed, p. 35. São Paulo, 2007